Entrevista com Kaique Oliveira sobre dashboards e visualização de dados

Kaique Oliveira é um dos grandes profissionais no mercado de analytics, especialmente em São José dos Campos, e o entrevistei pois estamos com um curso dele com inscrições abertas sobre Criação de Dashboards. Será em dois finais de semana, dias 21 e 28 de setembro, em São José dos Campos. Mais detalhes entre aqui.


Confira a entrevista:

Hoje em dia, temos tantos dados circulando mas não conseguimos extrair tantos insights. Na sua visão, qual o grande desafio que temos hoje para gerarmos resultados através dos dados? 

A principal limitação é o pensamento centralizado em ferramentas. Precisamos de mais profissionais com a habilidade de produzir soluções que fujam do padrão que o mercado nos oferece. Não adianta pensar em ferramenta, precisamos pensar em perguntas e soluções criativas.

 

Visualização dos dados e a forma de apresenta-los vem sendo uma disciplina importante dentro da área de analytics. Como os dashboards contribuem para transmitir insights e informações?

Dashboard é um tipo de solução planejada para indicadores de performance, que são os famosos KPIs (key performance indicators). Para que um produto de dados como o dashboard seja relevante, ele precisa ser objetivo e claro. Quando o usuário for acessá-lo é importante que qualquer anomalia seja facilmente identificada. Vale ressaltar também que este tipo de produto não é para mostrar apenas coisas positivas, mas, principalmente, coisas negativas.

 

A maioria dos relatórios que presenciamos no mercado são feitos em Excel ou em Power Point. Quais os diferenciais que temos hoje para fazermos nossos relatórios em dashboards? 

A principal facilidade é a automatização. A coleta manual de dados torna os relatórios suscetíveis a erros, pois somos humanos. A partir do momento que um sistema começa a coletar, tratar e disponibilizar os dados automaticamente ganhamos tempo para o que é mais importante no processo, que é a análise de dados. Além disso, as ferramentas mais utilizadas hoje no mercado, como o Google Data Studio, permitem criar diversas páginas e exportar em arquivo, caso seja necessário utilizar em uma apresentação.

 

O que um analista precisa saber, tanto na técnica quanto em teoria, para montar um bom dashboard? 

Entender a necessidade do negócio é o principal requisito. Cerca de 20% do projeto está nesta etapa, de conhecimento e entendimento do escopo. Um bom planejamento irá definir o sucesso do produto e garantir a satisfação do usuário que irá consumir os dados, que é o principal objetivo do nosso trabalho. Com a evolução das ferramentas self-service, como o Google Data Studio, o conhecimento mais valioso estará na capacidade do analista em entender e resolver problemas. As ferramentas serão algo que ele irá aprender conforme necessidade e evolução da empresa.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *