Google+

Twitter e Televisão: Live-Tweeting e monitoramento ao vivo

By Gabriel Ishida , In , , , ,

Achei muito interessante a forma como o canal de TV Esporte Interativo utilizou o Twitter durante a transmissão do jogo de vôlei entre Brasil e Estados Unidos nesse último final de semana. Através da hashtag #VoleinoEI (que foi o top Trending Topics Brasil durante a partida), os comentaristas iam monitorando os tweets e destacando os mais relevantes, inclusive fazendo e respondendo perguntas para a audiência. Diversas vezes eles perguntavam alguma curiosidade e vinha algum tweet respondendo ou esclarecendo.

Aqui no Brasil, vejo poucos exemplos de usos de "live-tweeting"ou monitoramento ao vivo, que vão além da simples promoção. Acho que o Twitter é uma boa forma de se medir e analisar a audiência sob o aspecto qualitativo: saber o que estão achando do andamento do programa ou realizar engajamento. Obviamente tem que ter o cuidado do filtro, já que não pode dar margem para "trolls" e gente má intencionada.

Ao meu ver, o mais importante é entender que existe uma convergência clara entre Twitter e Televisão: uma complementa a outra, assim como a internet não vai substituir qualquer outro meio.

Abaixo tem um vídeo, lançado nesse ano, do próprio Twitter falando sobre essa questão. Tem muitos exemplos vindos dos EUA e creio que seja tendência aqui no Brasil.

2 comentários:

Capi Etheriel disse...

essa prática de inventar hashtag é de uma falta de coragem, de boa vontade, de interesse no diálogo, de puro interesse comercial. é incrível como esses live tweetings evitam os temas e focam nas marcas: por que #voleinoEI e não #finalvolei ou #brasilxeua? pra medir a audiência do programa e não pra entrar na discussão. com certeza quem se introduz no debate com qualidade ganha a atenção mas o interesse nunca foi esse. falta espírito.

29 de junho de 2011 08:33
Gabriel Ishida disse...

Capi, mas será que a mudança da nomenclatura trará uma discussão de qualidade? Tenho minhas dúvidas. Já vi Web TV fazendo promoção de hashtags genéricas (tipo BrasilXArgentina), mas era apenas por interesse quantitativo ("olha, tá bombando no twitter! Chame seus amigos para assistir e comentar").

mas sim, acho que o interesse comercial está acima de tudo (qual mídia não gostaria de ver sua marca nos TTs espontaneamente?), mas isso não inibe uma discussão. Já vi casos de hashtags lançadas pelo Globo Esporte que a galera, insatisfeita com a transmissão, usava a hashtag para trollar.

29 de junho de 2011 10:00

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...