Google+

Ferramentas fantásticas (e gratuitas!) de Web Analytics

By Thiago Costa , In , , , ,

Aqui no Midializado falamos pouco de ferramentas. Não temos nada contra elas, muito pelo contrario: uma boa e simples ferramenta pode mudar uma rotina, facilitar uma análise ou gerar um novo modo de encarar um problema.
Por motivos que remontam a nossa época de faculdade, acreditamos que uma boa base conceitual podemos usar melhor qualquer ferramenta. (O Google Analytics é um exemplo neste sentido: ele é tão profundo quando os processos e a visão de quem o utiliza). Mas algumas dicas não machucam ninguém. Então...
Selecionei 4 ferramentas que fornecem, grátis, uma visão analítica de diferentes esforços e projetos possíveis na web – e sempre uma alternativa a cada uma delas. Não são perfeitas, mas são fantásticas ferramentas, que todos deveriam pelo menos testar em um projeto pessoal.
Vale lembrar: estou apenas indicando. Visitem, testem as ferramentas com o que tiverem em mãos. Acredito que possa ajudar a visualizar muitos dos conceitos que discutimos aqui no blog.

Social Media
A melhor: Twitalyzer
O Twitalyzer é fantástico. Sem login, sem cadastro, oferece uma visão geral do seu desempenho no Twitter, com métricas simples de entender, uma interface semelhante ao Google Analytics em termos de simplicidade e organização.
A ferramenta oferece métricas de impacto, alcance, gráficos com o tipo de influência exercido e benchmarking com outros usuários da ferramenta. Minha experiência mostra que as métricas oferecidas pelo Twitalyzer são de mais fácil compreensão para a aquele “cliente chato”.
“Nossa influência era 0,5% e agora temos 16% de influência”. Usem a ferramenta e descubram que esta métrica de sucesso é inquestionável.
A alternativa: Klout
Muitos podem considerar o Klout melhor que o Twitalyzer. Eu mesmo não tenho certeza de qual o melhor. Considero o Klout menos incisivo, mais atraente pra quem gosta de ir a fundo em métricas que nem sempre importam. A interface é mais bonita. Fato: o usuário estará bem servido com qualquer uma das duas.

SEO
Recém-descobri esta ferramenta. Só o que posso dizer: é ignorantemente simples e absurdamente útil. Digite a url do seu site e tenha uma visão extensa do desempenho em relação a diversas variáveis e, mais importante, recomendações sobre o que fazer para melhorar.
Se você está com preguicinha de trabalhar em tudo de uma vez, pode selecionar só o que é mais fácil ou mais relevante para seu ranking nas search engines, a ferramenta diz tudo isso. É simples, é ótimo.
Alternativas:
1 – Google Webmaster Tools: considero mais um complemento do que uma alternativa. Requer a instalação de um código apenas, para que se tenha uma visão técnica dos resultados do seu site no Google.
2 – Suíte gratuita do SEOMoz: possui um conjunto de ferramentas interessantes, principalmente para controle de métricas como “Numero de links para o seu site”, “Pagerank”, etc. Mas requer que o usuário possua um conhecimento de básico a mediano de SEO.

Análise de tendências/ inteligência competitiva
Hoje, quando o Google divulga a lista das palavras mais procuradas no ano, ele basicamente aponta o que foi importante, comentado, popular no mundo naquele ano. Como uma retrospectiva mensurável.
O Google Insights for Search te dá este poder. É muito simples para usar, embora extremamente complexo para dominar e extrair informações valiosas dele. Saber quais são as tendências de busca, em qualquer parte do mundo, é uma informação, acima de tudo, sobre o que pensam as pessoas.
Se bem usado, é quase um guru.
O foco desta ferramenta é em dados puramente quantitativos. Número estimados de visitas do concorrente? Tempo médio no site? Divisão por sexo? Aqui você encontra. Porém: eu não confiaria 100% nos dados; a ferramenta vale mais como guia comparativo. E nem sempre você encontra o site que deseja.

Web Analytics (clickstrem analysis)
Hors Concours: Google Analytics
Sem comparação - por uma série de motivos que explicaremos em futuros posts – dentre as ferramentas gratuitas de web analytics. Com algumas configurações, hacks, e addons faz tudo que uma ferramenta paga faz.
2 alternativas interessantes que ninguém fala (que ainda não testei):
Clicky: Recomendo como teste para um blog, portfólio ou site pessoal com pouca visitação. Nos aspectos técnicos (base de dados, histórico dos dados, etc) tenho lido reclamações sobre a ferramenta. Mas em termos de facilidade de instalação e beleza da interface, a ferramenta é fantástica.
Dois destaques: é real time e tem app para Iphone (apenas na versão paga).
Seevolution: Destaco por ser a única ferramenta de click heat maps (mapa de calor das zonas mais clicadas do site) gratuita que conheço.
Vale a mesma recomendação do Clicky: não use em um site “comercial” ou de grande importância, teste antes. Mas para um designer (ou qualquer um interessado em usabilidade) ter uma visão gráfica de como os usuários navegam é quase um santo graal.
--
Bom, encerro aqui minhas dicas! O post ficou meio longo e peguei leve nas gracinhas pra não me desvirtuar dos meus objetivos (ui!): mostrar que vale a pena testar novas formas de aplicar os conceitos; testar novas ferramentas.
Todas as ferramentas indicadas tem em comum a enorme facilidade de instalação em uso. Em alguns casos, basta digitar uma frase/endereço, e clicar em um botão: simples, como as boas análises devem ser.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...