Google+

Por que SEO?

By Thiago Costa , In ,

Continuando a série de posts iniciada semana passada (com Web Analytics) – é hora de falar de SEO. Antes de conceituar SEO, porém, eu queria ajudá-los a se despirem (!) de eventuais preconceitos envolvendo Search Engine Optimization – ou “otimização para motores de busca”.

O primeiro deles: SEO não é um conjunto de técnicas ninja, conhecidas por poucos e ensinadas por monges. Ok, fui um pouco longe demais, mas SEO realmente não é algo místico; como qualquer outro recurso em Web, é tão simples quanto os resultados que você queira obter.

O segundo preconceito: SEO não é endossado pelo Google ou qualquer outra Searh Engine (Bing, Ask, etc) – na verdade, uma nova Search Engine, Blekko, quer reverter esse jogo. Por isso é um tipo de malandragem com vistas grossas. Você pode fazer muitas coisas sem problemas, e outras por sua conta e risco – sim, seu site pode ser punido e inexistir para sempre na seara dos motores de busca. Pega essa.

Uma vez não-preconceituosos, vamos às raízes da coisa toda. Por que SEO existe?

Bem simples: porque a classificação de uma página/site é determinada por algoritmos complexos e fiscalizada por “robôs” e, como em tudo que envolve máquinas, há espaço para a malandragem humana – pelo menos até a Matrix.

Um belo dia, as pessoas perceberam que estar nas primeiras posições dos resultados de pesquisa para alguma palavra-chave lhes dava uma enorme visibilidade, e perceberam também que era possível ludibriar os pobres robozinhos, alterando os resultados da classificação. E isso ganhou o bonito nome de Search Engine Optimization - que na verdade é só mais uma expressão da esperteza humana.

Uma pausa para um detalhe fundamental: SEO visa otimizar uma página para os resultados de Busca Orgânica, ou resultados de busca natural, ou, mai simples, os “resultados que não são propaganda” – links patrocinados são outra história.

“Mas o que é e como se faz SEO? Você não respondeu isso ainda.” Não respondi e nem vou responder – ainda que eu coloque algumas dicas em futuros posts. Quer aprender SEO? Procure um livro, visite blogs ou comunidades e aprenda. Sozinho.

Fui um pouco duro com vocês. Me desculpem. É porque eu queria que algo ficasse muito claro:

O que o Google ou o Bing querem? Resposta: oferecer os melhores e mais relevantes resultados para os usuários – não, eles não são bonzinhos, essa é a primeira engrenagem de sua máquina de fazer dinheiro. Para isso, eles estão sempre atualizando seus algoritmos, detectando fraudes, uso abusivo de SEO, etc

Do lado de cá procuramos sempre otimizar nossos sites, utilizando técnicas de SEO e, porque não, rezando todas as noites para que no dia seguinte nosso site apareça em primeiro para “como ficar milionário”.

Um dia, talvez, usando técnicas espertas de SEO, você consiga, mas até quando? Do lado de lá, o Google está sempre de olho, verificando fraudes ou uso abusivo... melhorando.

Malandro é o gato, que já nasce de bigode.

O melhor SEO é focado nas pessoas e no bom conteúdo – muitos SEOs odeiam esta afirmação, mas é a pura e simples verdade. Pense nas pessoas, pense no quão inesquecível e fundamental será o seu site.

E, claro, seja malandro. Malandro mesmo, não bandido, atue no limite mas sem forçar a barra. Em posts futuros posso dar algumas dicas de malandragem, mas dedique seu tempo lendo mais sobre User Experience, estudando as pessoas.

Se não der resultado, no mínimo, vai te fazer bem.

Semana que vem: links patrocinados.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...