Google+

A tecnologia como ampliação do ser humano.

By Gabriel Ishida , In

Realmente impressionante como a palestra que assisti na semana passada na FIAP, chamada de “Future Technology Breakthroughs: Os principais avanços tecnológicos dos próximos anos e seu impacto nos negócios e na sociedade", me fez pensar em outros aspectos sobre a relação tecnologia e ser humano.

Ministrada por Salim Ismail, a palestra mostrou, empiricamente, como a lei de Moore está prevendo os rumos da tecnologia. Basicamente, a lei de Moore defende que a capacidade de processamento da tecnologia da informação cresce exponencialmente enquanto seu custo decresce no mesmo ritmo. Isso foi teorizado, na época, para os transistores. Mas hoje podemos utilizar o parâmetro para todo campo de desenvolvimento tecnológico e, o mais importante, para o nosso modo de vida enquanto ser humano e enquanto ser social.

Um ponto bastante interessante discutido foi como esse impacto realmente afeta nossas vidas. E Ismail deu um exemplo que considerei fantástico: a tecnologia está estendendo nossos limites enquanto seres de interação. Por exemplo, hoje delegamos nossa memória para a tecnologia (contatos no chip de celular, e-mails, registro de cadastros, etc.), delegamos nosso tato (mouse, touchscreen, touchpad, etc.), entre tantos outros exemplos. O crescimento exponencial da tecnologia atingiu um nível que, atualmente, influencia e afeta nossas vidas diretamente. A distância entre máquinas e homens está muito nebulosa.

Assim como McLuhan teorizou que os meios de comunicação são extensões dos homens, a tecnologia hoje pode-se dizer que houve uma evolução: a tecnologia se transformou em uma ampliação das capacidades dos homens.

3 comentários:

Tarsila disse...

O que sempre penso e me traz algum medo é na possibilidade de limitações humanas que essas tecnologias podem nos trazer; nessa delegação que fazemos de algumas habilidades nossas às maquinas. E o comodismo e a lei no menor esforço contribuem muito para isso...fato. =/

21 de março de 2010 16:11
Anônimo disse...

Gabriel, o novo layout ficou excelente!
Só colocaria alguma imagem ou colorido no topo do site, na região toda cinza, para dar mais vivacidade ao blog, pois do contrário ele fica muito "morto".
Mas a usabilidade está otima.
Abraço!
Jean Souza
Kuartus

24 de março de 2010 17:24
Gabriel Minoru Ishida disse...

Opa obrigado pelos comentários, Tarsila e Jean.

Esse layout aí eu não sei se vou mante-lo, mas gostei muito. Talvez para solucionar esse problema da parte "morta" eu irei centralizar o logotipo do blog. Mas desse jeito eu achei legal tb.

Valeu!

24 de março de 2010 17:26

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...